assista nosso video

INFORMAÇÕES GERAIS PARA PACIENTES

Vídeos Educativos


Saiba mais

Galeria de Vídeos


Saiba mais

Educação Continuada


Saiba mais
Educação Continuada

Programa multiprofissional de aprimoramento
em estomias

Acesse as aulas

Vídeo

Confira vídeo informativo sobre Doença Inflamatória Intestinal realizado pelo GAMEDII.

Clique aqui

História em Quadrinhos

Um projeto inovador, com uma forma altamente didática de falar sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa.

Clique aqui

Orientações Gerais


Saiba mais

Folhetos ABCD


Saiba mais

Revistas Médicas


Saiba mais
Infográfico GAMEDII

SOLICITAÇÃO DE RENOVAÇÃO DOS DOCUMENTOS DE ALTO CUSTO

Enfermeiro

1. Quais são as atribuições do enfermeiro no GAMEDII?
A enfermeiro atende os pacientes de doença inflamatória intestinal em todos os níveis de assistência, tais como: Consulta ambulatoriais de casos novos e antigos, pré operatório, pós operatório, pré infusão de terapia biológica e supervisão da mesma, visitas e acompanhamento aos pacientes internados, acompanhamento do preparo de cólon para procedimento cirúrgico, demarcação prévia para confecção de estomas intestinais e avaliação dos mesmos para prevenir e/ou identificar complicações precoces, avaliação no pós- operatório, acompanhando a evolução e orientando o paciente e os familiares.

2. Por que devo passar em consulta com a enfermeiro?
A enfermeiro tem um papel primordial nas atividades assistenciais, é ele que vai controlar suas condições de saúde para realizar os tratamentos propostos, irá dar subsídios para uma terapia biológica segura, além dos controles de vacinação, anemias, osteoporose, doenças infecto contagiosas, entre outras.

3. – Como é realizado a consulta inicial do enfermeiro no ambulatório de doença inflamatória intestinal?
Na primeira consulta o enfermeiro preenche o histórico de enfermagem, levanta a história pregressa, situação vacinal, faz a coleta de dados para auxiliar o acompanhamento multidisciplinar, solicita os exames do protocolo para definir a conduta de enfermagem e acompanhamento do caso.

4. Quais são as patologias investigadas pelo enfermeiro?
Conforme o protocolo estabelecido para a consulta de enfermagem investigamos: anemias , deficiência de vitaminas, doença celíaca, intolerância à lactose, osteoporose, hepatites A, B e C, HIV e Tuberculose.

5. Quais são os exames solicitados pelo enfermeiro durante a consulta ambulatorial?
Sorologias para hepatites, anti-HIV, hemograma completo, ferro, ferretina, transferrina, vitamina B12, D, acido fólico, anti-endomísio ( doença celíaca ), tolerância à lactose, PPD(teste tuberculínico), VHS e PCR. 6. O enfermeiro pode prescrever ou sugerir algum tipo de tratamento para doença de Crohn ou retocolite ulcerativa? Não, o enfermeiro não é prescritor de medicamentos e sim de cuidados de enfermagem e orientações , qualquer exame alterado ou queixa do paciente que necessite de medicamentos, o mesmo, será encaminhado ao seu médico assistente.

7. Quais são as vacinas indicadas durante o tratamento da doença inflamatória intestinal? Quais são as contraindicadas?
As propostas pelo protocolo do GAMEDII:
Indicadas:
- Vacinas de vírus atenuados:
- Inativadas contra poliomielite, tríplice bacteriana contra tétano,difteria e coqueluche;
- Dupla adulto;
- Dupla infantil;
- Influenza;
- Hepatite A;
- Hepatite B;
- Pneumococo;
- Anti-rábica.
Contra indicadas: As vacinas de vírus vivos:
- BCG;
- Tríplice viral;
- Rubéola;
- Varicela;
- Poliomielite oral;
- Febre amarela.
* exceto se estivem em períodos de remissão e a critério médico.

8. Por que o enfermeiro solicita o exame de dosagem de vitamina D?
A vitamina D combate infecções, uma vez que regula a expressão de genes que influenciam o sistema imune a atacar e destruir bactérias e vírus.Protege também contra doenças cardiovasculares e doenças autoimunes.Por esse motivos controlamos as taxas de vitamina D.

9. O enfermeiro investiga anemias?
Sim, as anemias são investigadas através dos exames: Hemograma, taxa de absorção de ferro, dosagem de ferretina e a taxa de saturação da transferrina.

10. Quem tem doença de Crohn ou retocolite ulcerativa pode doar sangue?
Não há contra indicação do ponto de vista de transmissão das doenças, porém deve-se consultar o seu médico devido ao quadro de baixa imunidade e anemia freqüentes dos pacientes com doença inflamatória intestinal

Silvia Alves da S. Carvalho
Enfermeira | COREN 95211

GAMEDII

Nas Redes Sociais

Facebook

Youtube

Instagram

Blog

CARTÃO PRIORIDADE

Cartão Prioridade

História em Quadrinhos

Clique para Download

APOIO

SBCP
GEDIIB
ABCD
FBG
SOBEST
ABRAPRECI